Alimentação de Alta Performance para meditar e ter uma vida longa

alimentacao-meditacao-ayurveda-altaperformance-performance-Escola-Eduardo-Cirilo-Método-DeRose-Porto-portugal-viveremaltaperformance.jpg

Pátañjali, um dos grandes sábios da antiga Índia, afirmou que ao meditares estás a “desapegar-te das turbulências mentais”. Com isso, mergulhas na tua verdadeira essência, no silêncio que acalma, e consegues ter uma vida muito mais longa e enriquecedora!

Imagina que a tua mente é uma carruagem descontrolada. Quanto mais tu praticares meditação, mais terás o governo sobre as rédeas dessa carruagem e a levarás para onde for mais benéfico para ti!

Se a prática da meditação é uma busca de conhecimento, mega-lucidez, paz interior, de luz e de felicidade, o lógico é teres de escolher alimentos que te enalteçam essas qualidades, certo?

Será que se pode afirmar que existe uma alimentação adequada para Viver Em Alta Performance e teres uma vida longa? Que alimentos são os mais adequados para meditares profundamente?

As respostas começaram há mais de 5000 anos, do outro lado do planeta, onde a tradição indiana desenvolveu um dos sistemas anti-aging mais avançados da humanidade para Viver Em Alta Performance: a tradição ayurvedica.


O Ayurveda

Seguindo a tradição Indiana, há mais de 5000 anos que a estratégia para teres uma vida longa e com saúde, é evitares os alimentos que possam prejudicar o equilíbrio do teu corpo de acordo com as características pessoais (doshas) e introduzir alimentos que auxiliem na desintoxicação do teu organismo.

Com o funcionamento correto do fígado e dos rins, as toxinas serão filtradas naturalmente e o equilíbrio será conquistado. Esta tradição a que me refiro é o Ayurveda.

A tradição ayurvedica reconhece seis grupos de sabores e indica o consumo regular de todos esses grupos durante o dia. Recomenda-se uma sequência para a ingestão de alimentos nas refeições.

Essas prioridades de consumo podem ser seguidas para proporcionar um melhor processo digestivo e uma queima de gorduras mais eficiente, pois os doces sendo consumidos primeiramente serão digeridos e queimados antes dos nutrientes ingeridos em seguida.

Os grupos são ordenados a fim de auxiliar no equilíbrio e melhor eficiência na queima dos alimentos ingeridos. Esses seis grupos são:

  1. Doces: Mel, açúcar, leite, massas, arroz, entre outros.
  2. Ácidos: Limão, vinagre, laranja, entre outros.
  3. Salgados: Qualquer alimento salgado.
  4. Temperos fortes: Pimentas, gengibre, qualquer tempero quente típico da culinária indiana.
  5. Amargo: Alface, açafrão, folhas verdes, entre outros.
  6. Adstringentes: Lentilhas, feijão, romã etc..

A tradição ayurvedica visa o equilíbrio do corpo e da mente. Os fundamentos não se restringem à alimentação, eles afirmam que o corpo deve estar sintonizado com uma mente saudável. A dica principal é tu unires todos os benefícios a favor da tua saúde.

É importante utilizares exercícios físicos, meditações, massagens, um estilo de vida positivo e diversas manifestações boas ao teu corpo. Se possuis uma rotina intensa e já sofres com os fatores externos, este é o momento para adotares o hábito de meditar e reciclar os pensamentos.

A ideia central é não só manteres o teu corpo físico saudável, mas a tua mente também.


Os tipos de alimentos que existem segundo o nível de energia

O que nós comemos não só influencia o nosso bem estar físico, mas também as emoções e os pensamentos. A tradição ayurvedica, não disseca alimentos em proteínas, hidrato de carbono ou gorduras; em vez disso classifica-os de acordo com o efeito que têm sobre o corpo e a mente, em três tipos:

  • Sattwa,
  • Rajas,
  • Tamas.

Alimentos tamasicos são os tipos de comida que nos tornam letárgicos, enquanto alimentos rajasicos nos trazem a atividade e realização ou inquietação. Sendo assim os alimentos sattwicos são do tipo que te farão sentir leve, enérgico e entusiasmado.

Alimentos sattwicos

São aqueles que purificam o corpo e acalmam a mente. Promovem equilíbrio, pureza, lucidez e autoconhecimento. É por exemplo todo o alimento cozinhado que é consumido dentro de 3 a 4 horas.

Exemplos: Frutas frescas, vegetais verdes e folhas, nozes, grãos, leite fresco e derivados, ghee, algumas especiarias…

Alimentos rajasicos

Eles estimulam o corpo e a mente a entrarem em ação. Em excesso, esses alimentos podem causar hiperatividade, agitação, raiva, irritabilidade e insónia. Alimentos com sabores muito fortes são considerados rajasicos.

Exemplos: Alimentos picantes, cebola, alho, chá, café, fritos.

Alimentos tamasicos

Alimentos tamasicos são aqueles que enfraquecem a mente, trazem confusão, inércia e desorientação. Comida velha ou aquecida, alimentos gordurosos ou pesados e alimentos que contenham conservantes artificiais enquadram-se nesta categoria.

Exemplos: dieta não vegetariana (todas as carnes no geral), alimentos velhos, ingestão excessiva de gorduras, óleo, alimentos açucarados.

A proposta desta filosofia oriental é aumentar a ingestão dos alimentos sattwicos e gradualmente diminuir aqueles que promovem rajas e tamas.

Outra forma eficiente de aumentar sattva e promover clareza mental é uma prática regular e bem orientada de meditação. Quando te começas a sentar diariamente para meditar, notas aos poucos, que a tua mente começa a perder interesses materialistas e a buscar aquilo que promove o autoconhecimento.

Acompanha-me por fim na eleição dos alimentos ideais para aprofundares a prática da meditação.


Lista dos alimentos ideais para a meditação e uma vida longa

Frutas frescas e de estação

A maior parte dos vegetais, sobretudo quando frescos ou cozidos

Grãos, sementes e nozes

Leite e queijos frescos biológicos (não UHT)

Adoçantes naturais, como mel

Óleos extra virgens, como o azeite ou de coco

alimentacao-meditacao-ayurveda-altaperformance-performance-Escola-Eduardo-Cirilo-Método-DeRose-Porto-portugal-viveremaltaperformance9.png

Especiarias, ervas doces e picantes suaves: gengibre, canela, cardamomo, cúrcuma, funcho, coentros, cominhos, manjericão…

Para optimizares a tua alimentação e Viveres Uma Vida de Alta Performance realizadora e de muita lucidez, usa a sugestão da proporção às refeições:

  • 65% alimentos sattwicos
  • 25% alimentos rajasicos
  • 10% alimentos tamasicos

Chegando ao final, talvez este seja o momento para leres “A alimentação para uma vida de altaperformance e uma saúde de aço”.

E agora?

Se gostaste, partilha o artigo, visita o meu instagram (profcirilo) e vem visitar-me à minha escola para fazermos uma Aula Personal ou uma sessão de life coaching para Viveres Em Alta Performance com Qualidade de Vida.

Todos estes conceitos fazem parte de mais de 18 anos do meu lifestyle baseado nos conceitos e nas técnicas do DeROSE Method.

Toca a aplicar estes conceitos para fazer acontecer!

A alta performance é como uma semente. Quando a cultivas, ela desperta.

Algumas palmeiras crescem em três anos, outras em dez. Aquelas que não são nutridas, nunca crescem!

Um forte abraço,

Ah, e não te esqueças

Agora é a melhor hora para começares a Viver Em Alta Performance. Aplica o que acabaste de ler e transforma a tua vida positivamente. É altura de passares para o próximo nível. Acredita em ti, não aceites desculpas e faz acontecer.